Os Cisnes Formosos

22/05/2010 at 2:12 PM Deixe um comentário

Um fazendeiro viveu nesse lugar ao norte do país
E ele teve filhas uma, duas, três
Essas filhas passeavam próximo a borda dos rios
A primogênita empurrou a mais jovem dentro

Oh irmã, oh irmã, suplico empreste-me sua mão
E eu te darei casa e terras
E eu darei a você tampouco mão nem luva
A menos que você dê-me seu próprio verdadeiro amor

As vezes ela afundava, outras vezes nadava
Até que ela chegou a uma pequena represa

A pequena filha vestiu-se em vermelho
Ela foi por alguma água fazer algum alimento

Oh papai, oh pai, aqui nada um cisne
Ele é muito semelhante a uma suave mulher
Eles colocaram-lhe sobre o dique para secar
Neste lugar vinha passando perto um harpeiro

Ele fez a harpa fixar-se de seus formosos dedos
Ele fez a harpa torcer-se de seu áureo cabelo
Ele fez uma harpa de seu peito desossar
E reta ela começou a tocar sozinha

Ele trouxe-a para a sala do pai
E este lugar virou um pátio, reuniam-se todos
Ele pôs a harpa bem em cima a uma lápide
E reta ela começou a tocar sozinha

E aí sentou meu pai o rei
E lá sentou-se minha mãe a rainha
E ali sentou meu irmão hugh
E ao lado dele william, doce e verdadeiro
E nesse lugar sentou minha falsa irmã, anne
Quem afogou-me por causa de um homem

The Bonny Swans

Loreena McKennitt

Anúncios

Entry filed under: Morais.

insanidade !?! Pedindo Ajuda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Páginas viradas


%d blogueiros gostam disto: